NOS CANTOS | 29Mai2007 23:50:00

Publicado por:





NOS CANTOS DA BOCA
DA BOCA QUE CANTA
CANTA-SE A OCA
DA OCA GARGANTA

O HINO DO POETA É UM RISO
DE PALAVRAS NA IMENSIDÃO OCA
NO DESENHO CAÍDO EM SORRISO
NOS CANTOS DA BOCA

VAZIO. NOTAS SUJAS DE UM DÓ.
SOLIDÃO. MELODIA QUE ESPANTA!
MORTE. SERES EXPULSOS EM PÓ
DA BOCA QUE CANTA.

NO SONO PROFUNDO, TROCADO
CAMINHA O RÉU PARA A FORCA
ENQUANTO NA PRAÇA NUM RECADO
CANTA-SE A OCA...

VERTE-SE O SANGUE EM PALAVRAS
VOZES QUE EM POEIRA LEVANTA
E OS VÓMITOS SAIEM EM LAVAS
DA OCA GARGANTA.


Partilhar:

Artigos Relacionados

Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Da poesia
Poetas-2
Últimas Galeria
©2018, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional