CONTEMPLO | 12Jun2007 13:00:00

Publicado por:
CONTEMPLO A HISTÓRIA DAS NAUS,
DOS MARES E DAS MARÉS,
ONDE NAVEGAM HERÓIS;
EM CASCAS DAS NOZES DO MEDO.

SONHO COM SERES GIGANTES;
UNS BONS E OUTROS MAUS;
E NESSA HISTÓRIA DO ANTES,
CONTEMPLO A HISTÓRIA DAS NAUS.

DIZEM-ME QUE SOU O ETERNO,
VIAJANTE SER DO CONVÉS,
DO BARCO QUE NAVEGA O INFERNO
DOS MARES E DAS MARÉS.

TENHO NO PEITO O QUE TRAGO;
ESTRELAS QUE SÃO OS SÓIS!...
SONOLENTO VOU E NAUFRAGO,
ONDE NAVEGAM HERÓIS.

NAVEGANTE QUE NAVEGA EM ÁGUAS,
DE CONTOS DE FADA SEM ENREDO;
SOLTA NO SONHO AS MÁGOAS,
EM CASCAS DE NOZES DO MEDO.







História lusa: contemplação

Partilhar:

Artigos Relacionados

Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Da poesia
Poetas-2
Últimas Galeria
©2018, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional