SECURA | 14Jun2007 13:30:00

Publicado por:
SECOU A GARGANTA...
OS PÂNTANOS NÃO VERTEM LÁGRIMAS.

Ó SUBLIME MANEIRA DE INVOCAR
A NOITE,
MÃE DE TODOS OS DISPARATES
E FILHA DESTA ENORME SENSIBILIDADE
QUE DIZER MAIS,
SE A CINZA DO PENSAMENTO,
SE ESGOTOU NAS FADIGAS;
SE AS POEIRAS DO PENSAR
SÓ LIBERTAM,
GRITOS DE ÓDIO
E DE LOUCURA??!



A noite, mãe de de tanta coisa e madrasta de muito mais

Partilhar:

Artigos Relacionados

Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Da poesia
Poetas-2
Últimas Galeria
©2018, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional